sábado, 5 de fevereiro de 2011

Amor e Sexo - parte 1


Um relacionamento a dois exigi carinho, respeito e um mínimo de romance. Mas amor e sexo?
Das antíteses, as mais paradoxais estão entre amor e sexo. O tudo e o nada. O cheio e o vazio. A luz e a escuridão. A felicidade e a tristeza. E por ai vai.
Então vamos a questão: o que é mais importante, amor ou sexo?
Não existe resposta pronta e rápida e geral. Os motivos são muitos, começando por nos dividirmos entre homens e mulheres.
O homem é, por natureza, racional. Agimos com clareza e buscando razão a todos os nossos objetivos. Amamos de forma ponderada, do mesmo modo que dividimos nosso trabalho e os estudos. A mulher vem direto na contra-mão e mudando tudo. Por ser sentimental, ela vê tudo de forma moldada de acordo com os objetos que envolve a situação. Esse é o tal "sexto sentido" das mulheres. Elas são bem mais organizadas que os homens. Bem mais educadas e gentis. Mas tem uma semaninha do mês que não, definitivamente não, tente falar nada do cabelo dela, afinal, homens não entendem nada sobre isso.
Homens racionais e mulheres sentimentais é igual a equilíbrio? Haha.
Parece que de alguma forma as mulheres conseguiram nos confundir com todo esse lado sentimental, nos jogando de forma tão persuasiva e culposa contra a parede, que as vezes até chegamos a acreditar que somos culpados, sem ao menos termos feito nada. Nenhum homem resiste aos encantos de uma mulher. Entretanto, se a mulher for do tipo que não agrada o homem, não se sinta trocada por um jogo de futebol.

Então até aqui, entendemos que homens e mulheres pensam diferentes e sentem diferentes sobre tudo. Mais um ponto deixa a resposta ainda mais distorcida: os homens românticos e as mulheres racionais.
É, tem doido pra tudo. Homens que atuariam naturalmente num romance shakesperiano e mulheres tão racionais quanto um filosofo alemão.

Homens e mulheres tendem as vezes pro lado emotivo, e as vezes pro racional. Amor? Pro homem, as vezes, é gostar de quem de faz companhia, e as vezes, é só precisa de alguém pra estar do lado. A mulher, ao contrario, precisa de um amor pra chamar de seu. Alguém pra ouvir seus problemas e participar de suas escolhas. A mulher precisa romance. Precisa de alguém que a passe segurança.

Assim tentei responder a pergunta de tantas mulheres: Por que os homens só pensam em sexo?
Acho que da pra perceber no texto acima, que não temos como generalizar. A homens tantos homens românticos como cafajestes. É um equilíbrio, eu acho. E depois de tanto discursar sobre isso, penso que algumas entenderam. As que não entenderam, é simples, não procurem entender. Nada nunca faz sentido. Só curta a vida. Curta amor e sexo.

Eu continuarei com a parte II qualquer dia desses.

9 comentários:

Ralph Kohler disse...

Mandando muito bem na escrita brother. Descreveu com maestria certas vicissitudes relacionadas ao diferenças entre almas femininas e masculinas.Abraço

Drih ☥ disse...

Mais um post muito bom,tô aguardando a conclusão no post II...
E e isso mesmo, nada nunca faz sentido!

Rony Phanuelly disse...

Concordo que émelhor parar de quebrar a cabeça com isso e ir proucurar alguém que pense e sinta como você ;)
Adorei o texto :D

Rafael Queiroz disse...

tu manda muito bem na escrita

Marcus disse...

ambos os lados estão certos,
mas acho que no fundo o que procuramos drante a vida é amor.
sexo é um belo complemente apenas!

Iara Rodriguez disse...

é nao é um tema facil de ser abordado,nem sempre nosso corpo responde como nossa mente quer (entendeu né rsrs)
beijo vou esperar a parte 2 ganhou uma seguidora..

Maggie disse...

Como você disse não dá pra generalizar, mas dizer que só as mulheres querem um amor pra chamar de seu, não acho que seja por aí. E no final, todo mundo quer um romance. :)
Bom o texto!

http://maggieddawson.blogspot.com

Natália disse...

Não acho que sejam coisas paradoxais, mas sim complementares. =) Mas aí tá no "eu" de cada um

enricows disse...

Nem tudo é sexo. O amor é mais importante, sem dúvidas, porém temos que lembrar que sexo é um maneira de demonstrar amor. Parabéns pelo texto! Descreveu um relacionamento, de certo ponto de vista, muito bem!
Abraço!

Comente no meu blog também:
http://enricows.blogspot.com/