segunda-feira, 9 de agosto de 2010

Sonhando acordado


Calafrios, e sensação de deja-vu, mas não podia, pois nunca estivera ali antes.

Parecia que estava perdido em um mundo que despertava pela primeira vez.
Um sonho? Parecia muito real.
Sentia seu corpo pesado. Suas pernas não se moviam, e seu espirito na ânsia de sumir o mais rapido dali.
Eis que uma voz lhe diz para prestar atenção no que realmente vê.
E então percebe, não a chão. Não a nada. As dores sumiram, as amarras que o seguravam ali simplesmente desapareceram.
Sem conseguir pensar em nada, sentiu-se leve, e flutuando sobre as matas e montanhas de um deserto em meio a uma cidade movimentada. Um complexo, um caos em uma mente que já nao tem o corpo pra sentir o frio das alturas.
E lá de cima, aquela voz lhe disse então: Aproveite este mundo! São para poucos!
E como se mergulha-se numa piscina de agua fria, caiu entre inumeros senhores de branco, que olhavam espantados, olhares que no fundo tinha um pouco de esperança e felicidade.

Ali viu que alguns do senhores de branco comeraçam a perder a nitidez, e a sumirem instantaneamente. Depois disso só conseguiu pensar que estava vivo, e se tudo foi real.

5 comentários:

Loirinha ;* disse...

Texto pequeno, mas que me prendeu muito
*-*

Rony Phanuelly disse...

Eita, gostei muito .
Me lembra projeção astral. O que sentimos é por aí ^^
Bem interessante =)

Rosana :) disse...

Pois é,pois é :D
eu viajeei agoora...

Parabeens,parabeens!

Giuliano disse...

Realmente uma experiencia impressionante. Conhece ou ja ouviu falar de Gnose?

P.S. Valeu por seguir meu blog, vc é o primeiro, fiz recentemente, espero que cresça.

Salete Cattae disse...

Parece aqueles sonhos que você acha que está acordado e tenta se mexer e não consegue, desesperador para mim que sou extremamente controladora....hehehehe

Adoro vir aqui, sempre tem coisas que gosto muito e que me fazem pensar.

bjs