terça-feira, 27 de julho de 2010

Por que temos medo de se apaixonar?


Por que existem pessoas que tem medo de se apaixonar?

Quando passamos por uma desilusão amorosa, ficamos com medo ou receio de nos apaixonarmos novamente. Por quê?

Bom, tentarei explicar aqui o que EU, particularmente EU, acredito. Não sei se de algum modo sigo alguma corrente de pensamento já existente.

Paixão. É o sentimento que mais dá ênfase a vontade humana. A pessoa pode se apaixonar por qualquer coisa que lhe de prazer, como por exemplo: jogar futebol, ficar na net, ouvir música. Mas a questão quero discutir aqui é a paixão de uma pessoa por outra.

Vamos partir do pressuposto que as pessoas necessariamente precisam conviver com outra, digo, conviver de modo afetivo, um relacionamento fiel e duradouro, para serem felizes.
Dentre essas pessoas, de modo geral, caracterizo-as de dois tipos: as que já se apaixonaram e as que ainda vão se apaixonar.
Ouço vozes gritando: - Nossa como você é radical! Eu nunca me apaixonei e nunca vou me apaixonar!
Ai eu digo: - Espera só pra ver! :D huahauahua

Mas de modo mais restrito, divido essas pessoas em: pessoas que se apaixonam fácil (que na maioria das vezes são românticos e poetas), e aos que dificilmente, ou quase nunca, se apaixonam.
Esses românticos são do tipos sentimentais, qualquer demonstração de sentimento mexe com eles. Um olhar, um gesto, uma carta, qualquer coisa, melhora ou piora seu dia.

Um detalhe importante da Paixão, é que ela não eterna. Ela é instantânea. Se você se apaixona por alguém, e tem certeza que está subitamente apaixonado por esse alguém, e no final de semana seguinte conhece outra pessoa que te deixa nas nuvens e pensando que agora sim vida tem sentido - nossa falei muito coisa agora neh :B huahauahu. Enfim, você poderá acreditar que não estava apaixonado pela primeira, e que só foi uma "quedinha" como dizem, mas a verdade é que você estava sim apaixonado, só que alguém lhe chamou a atenção melhor que ela, alguém que te demonstrou interesses em comum, ai você se apaixona pela segunda, e acha que a pessoa da sua vida, e assim a terceira, e a quarta, e sucessivamente.
Em contrapartida. se você, ao conhecer a segunda pessoa, que te abala sim, mas você não consegue esquecer em momento algum a primeira. Isso já deixou de ser Paixão, e se tornou Amor.

Contando um pouco das minhas particularidades (A), eu sou um romântico, sempre fui. Acho que nascemos assim, sentimentais. E em minha vida toda - como se eu já tivesse vivido séculos, estando nos meus vinte anos huahuahua - sempre me apaixonei pela garota mais simples e bonita da sala, a mais gente boa, e escrevia poeminhas e tudo mais. Até que conheci uma menina, mulher, que deixou de ser uma paixãozinha, e foi o amor da minha vida. Enfim, nosso relacionamento não deu certo, por conta da distância, trabalho, faculdade, enfim vários fatores que não deixavam agente ficar junto, e tivemos que nos separar. Para entender melhor que o que aconteceu, interprete meus poemas :)

Isso me leva a questão que elaborei no começo deste texto: porque as pessoas tem medo de se apaixonar?
Notei ultimamente que não tenho mais vontade de escrever poemas de um amor platônico, e nem vontade de me apaixonar de novo. Talvez porque ainda é muito recente o meu ultimo relacionamento, e o fato de eu ainda amar muito ela; mas é que não sinto mais vontade de conquistar alguém, aquela vontade que eu tinha a um ano atrás. Parece que é um medo de que posso errar e que vou me machucar de novo, algo assim.
E conversando com uns amigos, vi que a maioria passou por algo parecido, e por isso tem esse medo também.

O que posso dizer a respeito, talvez de uma solução pro caso que nem eu mesmo consegui superar, é que: cada caso é um caso, cada relacionamento, cada pessoa, tudo posso ser diferente, toda pessoa precisa de uma chance, e talvez até de uma segunda chance.

48 comentários:

Rony Phanuelly disse...

Ih, eu entendo perfeitamente
E concordo também....
Sou uma pessoa muio facil de se apaixonar, fato :)
mas quando sofro uma desilusão o que quero é me apaixonar novamente... Não que eu goste de sofrer, mas a sensação de estar apaixonada, para mim, supera a dor do fim...

^^
Entendo perfeitamente como se sente. :) Mas logo logo você se apaixona novamente e novamente ^^

O blog está perfeito, eu adorei. Você escreve muito bem. ^^

Já estou seguindoo :D

Dilly disse...

Adorei o seu texto.
Já passei horas discutindo sobre o assunto, e sempre cansativo...
E o que mais gostei foi essa parte:
"O que posso dizer a respeito, talvez de uma solução pro caso que nem eu mesmo consegui superar, é que: cada caso é um caso, cada relacionamento, cada pessoa, tudo pode ser diferente, toda pessoa precisa de uma chance, e talvez até de uma segunda chance."
Sintetiza bem o que eu penso!

danee disse...

Adorei o texto e concordo com ele, no fim de um relacionamento a gente fica inseguro, principalmente se for uma separação dolorosa... há quem diga que a melhor forma de esquecer um amor é tendo outro amor, mas vai saber.

Guilherme D. Dutra disse...

Vllw Rony,
Vllw Dilly :)

Que bom que vocês gostaram, e, de certa forma se identificaram com o texto, assim vejo que não sou o unico que pensa no assunto :B huahuahua

Obrigado pelos elogios.
- To me achando jah (H)
huahuahauahu

Guilherme D. Dutra disse...

Ehh na teoria eh perfeito, mas na prática... hauhauahua
Eh uma boa dica :)
Vllw Danee lo

Pequeno Príncipe disse...

gostei do que você escreveu... Você viu que o meu blog ta só começando , se puder dar uma força lá, seguir tbm... será bem-vindo!

Abraços

www.1pequenoprincipe.blogspot.com

Sandro Honorato disse...

A gente tem medo de se apaixonar porque as desilusoes mexem demais com o emocional de qualquer um...

www.rimasdopreto.blogspot.com

Carla Reichert , autora deste blog disse...

Nossa, estou passando pela fase, que me apaixonei por alguem , ficamos 3 anos. Terminou subitamente. Mas já tivemos a segunda chance. E claro que eu não o esqueci.E agora, tenho medo de me apaixonar.Eu já me apaixonei fácil e agora não. Adorei seu blog. e to seguindo.

Guilherme D. Dutra disse...

Ehh Carlinha, bem vinda ao clube ;)

Augusto Barros disse...

Gostei do texto.

Laís L. disse...

É... Paixões são passageiras, só o amor é eterno.

Medo de se apaixonar é medo de sofrer, costuma ter isso quem já sofreu alguma vez. Sei como é.

Bonito é quando a paixão vira amor. *-* HAHAHA

Te sigo. ;*

Casa do Hippie disse...

A paixão é um dos sentimentos mais deliciosos que existe. O amor é o que vem apos a paixão acabar. O medo de muitas pessoas é que o amor não aconteça...
Tive duas relações de 3 anos, uma logo apos a outra, a paixão rolou e foi sempre boa, mas o amor não... o amor nem sempre rolou...

abraços do Hippie

Guilherme D. Dutra disse...

Vllw Lahh :)
Vllw Hippie lo
Fico feliz por vcs terem gostado e se identificado com o texto.
Qnd tiver inspiração escrevo mais sobre o o assunto lo

Madrugueiros Br disse...

É vero... Quando existe aquela desilução, aí sim que o cara quer se apaixonar. Acho que nós não aguentamos ficar sozinho! opakskopas... Abraço, belo blog cara!

Suzy Carvalho disse...

medo da dor.

e hey, vc é de cambé
por um acaso, mto acaso rs, vc conhece Nathalia Costa, tainha?

Guilherme D. Dutra disse...

Então Suzy, agora não me lembro de nenhuma Nathalia Costa :\
Ela eh de q lugar de Cambé? - Como se Cambé fosse grande :B huahuhau

luiz scalercio disse...

tem muita pessoas que se
apaixonar muito rápido
isso e perigoso quando
ver que nao er isso
que a pessoa pensasse
que er toma na cabeça.

Paulo Ricardo disse...

A vida é pra viver, o que for para acontecer certamente ocorrerá!
Quem nunca sofreu uma desilusão na vida?

seguindo^^
até +

Marília S. disse...

Compartilho da mesma idéia que você. A paixão é uma das coisas mais gostosas de sentir. Principalmente no começo, quando há todo um mistério, insegurança, aquele borburinho de sentimentos.
E acho tão bonito ver homens falando sobre amor, paixão, essas coisas... Principalmente os jovens.
Parabéns pelo blog, está muito bom mesmo :*

Larissa disse...

"... e talvez até de uma segunda chance..."

Gui, eu entendi o que você quis mostrar, obrigada pela consideração..achei lindo de sua parte tal demostração de afeto, apesar dos pesares, sei o que te causei... desculpas não vai bastar, eu sei, mas o impressionante é que vc me entende e não me julga! obrigada

*-* Para sempre no meu coração!

Guilherme D. Dutra disse...

"... e talvez até de uma segunda chance..." [2] ;)

Lari, eu nunca te julgaria. Eu tenho uma consideração enorme por você. Você me fez ser o que sou hoje, me ensinou muito, e isso nunca vou esquecer.
O que fez agente se separar, não foi de forma alguma culpa sua, ou minha, foi acontecimentos adversos, limites que a vida coloca, e alguns não tem como agente superar... ainda (A).
Mas você não me deve desculpas, nunca tah!

Você tbm estará pra sempre no meu coração!

" - Tão perto, não importa quão longe!"

jéssica . * disse...

Nossa, adorei o texto. Qualquer dia vou fazer um resumo dele e colocar no meu blog e colocarei creditos a fazer. Falo tudo, tudo mesmo. Amei.
Obrigada por seguir, ja estou te seguindo :)

Caroline Vieira disse...

Nossa, coinscidentemente, postei no meu blog um texto que fala sobre o medo de se paixonar...
É o meu receio no momento...
Mas é um engano não querer...
Na maioria das vezes, já aconteceu...

Parabéns por suas publica! Excelente qualidade!

Karla Hack disse...

eu não me apaixono fácil...
Eu gosto fácil, até me interesso, me sinto atraída... Mas não me apaixono fácil.
Não no sentido amplo e intenso da palavra... E compreendo o medo deste sentimento. Não é fácil tornar-se vulnerável. Só que quando o sentimento surge.. é avasaslador e nada podemos fazer a não ser curti-lo!
;D

Larysse Tavares disse...

Primeiro, obrigada por seguir meu blog! :)
Segundo, "Reflexões sobre o Sentimentalismo Empírico Caótico do Ser Humano", rs... Complexo, ein?
Terceiro, ótimo texto. Amor e paixão, duas coisas tão parecidas, tão semelhantes e ao mesmo tempo tão diferentes. Isso de poder se apaixonar por mais de uma coisa ou pessoa acontece a todo tempo e eu, particularmente, não acredito que as pessoas "têm medo de se apaixonar". Acredito que elas simplesmeente não se apaixonam, uma vez que esse sentimento é bem arrebatador e difícil de se evitar. Qualquer detalhe e pronto, virou paixão. Um olhar, um gesto, conversas frequentes, uma música... tudo isso pode deixar de ser alo comum e virar uma paixão a qualquer instante. Então Guilherme, concordo com você, todos algum dia já nos apaixonamos ou iremos nos apaixonar!

Abraços, Larysse

Talita Oliveira disse...

Guilherme, adorei o seu blog. É agradabilíssimo.

O texto é ótimo também! [=

Estou seguindo-te


Beijos!

joão victor borges disse...

Amor a primeira vista ou encanto a primeira vista? Perdurar o amor é a parte dificil.

Abraço!

http://anpulheta.blogspot.com

Caroline disse...

Oi Guilherme, muito lindo tudo isso que voce escreveu e me identifiquei um pouco...Eu pensava que nunca seria capaz de amar ninguem, devido a decepções...pra mim todos eram iguais.

Hoje, tenho relacionamento à distancia que está dando muito certo...eu AMO meu namorado, e não nos importamos com distâncias e obstáculos. Isso só existe pra quem quer que exista. Nós fazemos para estar perto um do outro e vale muito a pena.

Abraço

Pedro Neto disse...

È dificil de entender mesmo,parabéns por mais uma obra de arte!

http://guilhermeddutra.blogspot.com/

Valentino, Felippe. disse...

Por que temos de nos apaixonar? Clarice Lispector dizia (e eu concordo com ela) que somos carentes. Mas se é pra se apaixonar, vivamos então até a ultima gota. "Não mata".

R.F. disse...

Muito punk seu estilo para escrever.

Parabéns. Força aí para escrever seu livro.

Pode ser uma compilação dos posts! xP

Grande abraço.

Estou te seguindo.
Sempre que quiser rir um pouco, as portas do RFPostando estarão abertas!

Kevin disse...

Cara to te seguindo, parabéns pelo post, curti muito seu blogue! Você esta de Parabéns, continue escrevendo ok ...
Abraços

Naírla Silva disse...

Na maioria das vezes é por medo de se machucar. bjs

http://coposcheiosdevodkaerocknroll.blogspot.com/

Dani disse...

Nao sei se vc já reparou, mas se você abrir aleatoriamente blogs, principalmente, de mulheres e meninas, sempre tem post sobre amor. E mais, se tiver um post sobre amor, normalmente é pq elas foram magoadas de alguma maneira!
Ai sempre depois do post da mágoa, vem um sobre "eu vou superar, não preciso de vc".
Concordo com oq vc diz sobre as pessoas mais românticas...sou uma delas...coisas bobas sempre me fetavam. Mas uma coisa q me deixa irritada...é como filmes...sei lá como Crepúsculo (nda contra)distorcem um pouco as coisas, e isso faz mto mal para algumas meninas, principalmente as mais novas, q acreditam fielmente naquilo, mas que se chocam qdo a vida real não é como nos filmes.

Pedro disse...

Amor é uma coisa que, definitivamente, não foi feita para mim.

Jão disse...

Sou um cara apaixonado pela minha namorada a 2 anos e 2 meses.. e sei o que é fazer uma pessoa sofre e sofrer por uma pessoa. Graças a Deus estou com a mesma até hoje. APAIXONAR-SE É BOM, FAZ BEM PRA ALMA E REJUVENESSE O CORAÇÃO!

Abraços Guilherme, te seguindo sempre.

João Vitor (madrugada-blog)

Rogerio disse...

não é medo...talvez seja receio...se apaixonar e bom...desde que esse amor seja corespondido...só não pode ter medo...tem que viver e se apaixonar...

Hemmely disse...

sim .. medo, mas nada adianta pq tem coisas qe quanto mais você mais aparece.
Um dia todo esse medo tolo irá sumir instantaneamente quando vc achar aqela qe abala suas estruturas ..
então tudo é fichinha .. fikdik

Visite:
http://amyfeelings.blogspot.com/

Guilherme Lombardi disse...

Amar é extremamente dificil as pessoas continuam bananlizando o amor ao longo dos tempos!

Joyce Kelly disse...

Talvez o medo de se apaixonar esteja em ela prender você ao outro. Você fica dependente do carinho, da atenção, do desejo... Você deixa de viver por si e passa a viver pelo outro. E no fim, quando você descobre que o ele ou ela não era nada daquilo que você esperava, você se desmorona, o seu mundo vem à baixo. Então você vai buscando em cada novo relacionamento o que você não encontrou no outro e vai caindo a cada vez que descobre uma nova falha. Porque você quer que o outro viva a sua vida como você vive a dele e nem sempre isso acontece.
E porque chega o momento que você encontra alguém e você percebe que é alguém que realmente você ama e que ama você? Porque ao contrário da paixão o amor liberta, te dá confiança e te permite viver uma vida compartilhada por dois e não apenas por um.

Vi seu blog em uma comu e resolvi fazer uma visita.
Se puder...

http://emsimplespalavras.blogspot.com/

João Sobreira disse...

Oi, Guilherme!

Fico feliz por estar me seguindo. Depois volto aqui com mais tempo e confiro de perto o teu blog, certo?

Abraço.

Carol disse...

esse é um dos temas que mais discuto em meu blog, parbéns, amei o texto!

As polemicas disse...

tem medo de perder... esse é meu caso...

Kezia Lima disse...

Concordo com teu texto em gênero, número e grau. Incrível como nós, seres humanos, somos tão vulneráveis ao sentimentalismo. Até mesmo os mais durões carregam consigo algum sentimento, seja ele bom ou mau. A paixão, como você mesmo ressalta, é involuntária, acontece. Acredito que seja também uma "ferramenta" auxiliadora no intuito de reprodução da espécie. Mas ninguém aqui quer sair procriando por aí, né? (rsrs)
Parabéns pelo blog. Já coloquei um link no meu.

Heloise disse...

Adorei seu blog
To seguindo

Anônimo disse...

é triste de demais mim apaixonei aos 15 anos por um rapaz e semre fui louca por ele só q nao deu pra viver esse amor ,conheci inumeros garotos maa nunca esqueci ele,mas tive q superar não era pra ser!!!!!
Hoje tenho medooooooooo de sofrer de novooooooooooo!!!!!!!!11

dricàá disse...

olá tenhu 13 anos (to veia), gosto do meu melhor amigo de infância, mais claru tenhu minhas paixonites , mas percebi que por meu amigo não perceber o meu amor que tenhu por ele (conhecido como amor não conrrespondido) perdi meus sonhus de casar de arranjar o carinha dos meus sonhus. sempre que um cara fica me paquerandu e finjo que num percebo , até ele se cansar e se apaixonar pela minha amiga .kkkk (muitas vezes issu acontece)

Anônimo disse...

Eu morro de medo de mim apaixonar
pela pessoa errada.........