segunda-feira, 18 de maio de 2009

Minha Dama do Violino


Caminhava sorridente,
Sentindo o som das flores,
E, serenamente,
Entoava à canção de amores,

Entrando no compasso,
Dando asas à imaginação,
Encontrando seus passos,
Tenho-lhe-a em meu coração.

Simpática amizade,
Sincera paixão,
Eterna felicidade,
Recitava à emoção.

Meu anjo,
Minha vida,
Meu amor.

4 comentários:

carla disse...

Adoreii.......di maizii

Anônimo disse...

Fiquei muito grata por esta homenagem,pois saiba que adorei de coração!
Obrigada queridíssimo!
Larissa Rauane Mafra

Larissa Rauane disse...

'Meras palavras não diriam como és belo este poema"

Querido vim lhe agradecer a homanagem.Te adoro xD

Espero que nossa música continue sendo o ecoar de todos os tempos!
um grande beijo"Dama do violino"

Larissa Rauane

Guilherme D. Dutra disse...

♪♪ "Usamos a música para expressar os mais sinceros sentimentos, onde ninguem tem de dizer o que devemos fazer, somos livres porque gostamos e queremos ser livres. E a nossa música é o a de ecoar para todos os tempos, nossa Liberdade é acima de tudo fruto de um sentimentalismo ideal e contagiante. Ignoremos os 'surdos televisivos e sensacionalistas intelectuais', pois nossas palavras transformadas em Notas Musicais, só serão ouvidas por mentes e corações abertos." → Larissa R. Mafra ♥ ♪♪

Que bom que gostou, minha Dama do Violino ;)

Tbm te adoro, coração :D